NOVOS ORGÃOS SOCIAIS

” Em assembleia geral realizada no dia 23/05/2018, foram eleitos os novos órgãos sociais da Univerdesafio – Associação para a Cooperação e Desenvolvimento, tendo saído vencedora por unanimidade a lista A.”

orgaos

Facebook

PROJECTO EÇA

Projecto EÇA

 

 

 

O ”Projecto Eça”, visa apoiar a cátedra Eça de Queirós na criação e desenvolvimento de um acervo bibliográfico, com obras de autores portugueses, maioritariamente do sec. XIX e 1º quartel do sec. XX, que venha a constituir-se como referência no contexto bibliotecário de Havana, relativamente aqueles autores portugueses.

Assim, propõe-se a Univerdesafio a adquirir, com meios financeiros próprios, junto de instituições de solidariedade social (IPSS), um mínimo de duzentos e cinquenta livros cujas características possam de alguma forma ser enquadrados nos parâmetros acima expressos.

A cátedra Eça de Queirós, adstrita à Faculdade de Línguas Estrangeiras da Universidade de Havana, criada em 2017, pretende render uma homenagem a José Maria de Eça de Queirós, um dos mais importantes escritores portugueses do século XIX e que nos anos de 1872 a 1874, desempenhou as funções de cônsul português em Havana.

Entre variadas actividades, é objectivo desta cátedra desenvolver a difusão da língua e cultura portuguesas não somente no sistema universitário, mas também nas redes de ensino de Cuba. Na prossecução dos seus objectivos, pretende criar um acervo bibliográfico e audiovisual relativo aos fins que estão na origem da sua criação.

Facebook

ALMA MATER E UNIVERDESAFIO – PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

A Alma Mater Artis e a Univerdesafio – Associação para a Cooperação e Desenvolvimento representadas pelos respectivos presidentes de Direcção, Alexandre Miguel Teixeira e Manuel Filipe Santos, rubricaram no dia 3 de março de 2017, um protocolo de cooperação institucional que visa, entre outros objectivos, um conjunto de ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida de populações desfavorecidas, consultoria e apoio técnico em projetos de desenvolvimento nas áreas de formação profissional e formação para a cidadania, em Portugal e S.Tomé e Príncipe.

Facebook

PROTOCOLO DE PARCERIA NAS ÁREAS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL ENTRE A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL (CABO VERDE) E A UNIVERDESAFIO (PORTUGAL)

A Câmara Municipal de São Miguel (Cabo Verde) representada pelo seu presidente, Herménio Fernandes, e a Univerdesafio – Associação para a Cooperação e Desenvolvimento (Portugal) representada pelo seu Diretor de projetos, José Carlos Pires Prisal, rubricaram hoje, 23 de fevereiro, um protocolo de parceria que visa um conjunto de ações voltadas à consultoria e apoio técnico em projetos de desenvolvimento nas áreas de formação profissional, das energias renováveis, das pescas, da agricultura e do turismo, bem como na área social junto da população do município de São Miguel.

Facebook

PROJECTO CANA DE PESCA – CABO VERDE

Projeto cana de pesca - Cabo VerdeSectores de intervenção:
– Promoção social;
– Cooperação para o desenvolvimento;
– Formação profissional.

O projecto “Cana de Pesca – CV“, tem como objectivo apoiar uma comunidade de pescadores artesanais na ilha de Santiago, na República de Cabo Verde, criando e operacionalizando uma cooperativa com formação profissional de recursos humanos área da gestão comercial e da manutenção industrial, equipando-a com meios tecnológicos e ecológicos de apoio em terra para o produto pescado, incluindo a reabilitação de uma estrutura já existente

O projecto “Cana de Pesca – CV“, além da preocupação com as premissas ecológicas da região, pretende contribuir para a melhoria das condições de vida da comunidade de pescadores da Ilha de Santiago e ao mesmo tempo incrementar a oferta de formação profissional, dinamizar o desenvolvimento económico através de actividades de formação, da inserção profissional e de apoio à criação de actividades geradoras de riqueza por forma a garantir uma maior autonomia às populações locais, dotando os formandos com os conhecimentos e as aptidões necessárias para conseguirem não somente um emprego e/ou uma actividade profissional própria, mas também a possibilidade de auferirem de uma fonte de rendimentos sustentada e uma consequente ascensão social.

Facebook

PROJECTO CANA DE PESCA – SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Projeto cana de pesca - São Tomé e Príncipe

 

Sectores de intervenção:
– Promoção social;
– Cooperação para o desenvolvimento;
– Formação profissional.

O projecto “Cana de Pesca – STP“, tem como objectivo apoiar uma comunidade de pescadores artesanais na ilha do Príncipe, criando e operacionalizando uma cooperativa com formação profissional de recursos humanos em gestão comercial e manutenção industrial, equipando-a com uma estrutura ecológica de apoio em terra e de transporte inter ilhas para o produto pescado.
O projecto “Cana de Pesca – STP“, além da preocupação com as premissas ecológicas da região, pretende contribuir para a melhoria das condições de vida das populações do Arquipélago de São Tomé e Príncipe e ao mesmo tempo incrementar a oferta de formação profissional, dinamizar o desenvolvimento económico através de actividades de formação, de inserção profissional e de apoio à criação de actividades geradoras de riqueza por forma a garantir uma maior autonomia às populações, dotando os formandos com os conhecimentos e as aptidões necessárias para conseguirem um emprego ou uma actividade profissional própria e terem um rendimentos que lhes permitam mais facilmente sustentar um agregado familiar.

Facebook

DEBATE SOBRE O TEMA “O FUTURO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL”

UNIVERDESAFIO

Inserida na tríade Cooperação – Formação – Desenvolvimento & Educação, a Univerdesafio levou a efeito no dia 7 de Julho de 2016 no auditório do Centro de Formação Profissional de Setúbal o 2º evento, um debate em formato de tertúlia, versando o tema “O futuro da formação profissional”.
Na mesa do debate que foi moderado pelo formador profissional Carlos Dativo estiveram presentes:
– Dr. Gregor Zemp, secretário geral da CCISP, Câmara de Comércio e Industria Suiça-Portugal;
– Dr. Rui Murta, presidente da direção da ANEF, Associação Nacional das Entidades Formadoras;
– Dr. Mário Martins, presidente da direção da FORMA-TE, Associação Nacional da Formação e Ensino Profissional;
– Dra. Susana Jorge, presidente da APF, Associação Portuguesa de Formadores.

Na assistência constituída maioritariamente por formadores profissionais e formandos de cursos profissionalizantes, estiveram também como convidados e participantes no debate:
– Dr. Nuno Madeira Rodrigues, presidente do Conselho de Administração da AESTP, Associação Empresarial de S.Tomé e Príncipe;
– Dr. João Carlos Rocha, director geral da ATEC – Academia de Formação.
Em representação do IEFP,IP estiveram o diretor e a vice-diretora do Centro de Formação Profissional de Setúbal, respectivamente o Dr. José Luis Borda d´Água e a Dra. Maria Luísa Oliveira.

O debate foi dinamizado tendo em conta duas preocupações centrais:
– Debater à luz do enquadramento atcual, a formação profissional nos dias de hoje e as expectativas futuras;
– Colocar em situação de proximidade, as entidades máximas responsáveis pela formação profissional, os formadores e o tecido empresarial.

Facebook

PALESTRA SOBRE O TEMA “A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO: NOVOS DESAFIOS”

flyer

A Palestra sobre o tema “A cooperação e desenvolvimento: novos desafios”, realizada a 7 de Junho de 2016, no auditório da Escola Profissional do Montijo. A palestra foi dividida em 2 painéis, havendo no final de cada painel um período de perguntas e respostas. O primeiro painel foi moderado pelo economista Dr. Fernando Coelho e subordinado ao tema “ A cooperação e o desenvolvimento”. Foram oradores: – Dr. Vitor Ramalho (UCCLA); – Dr. Luis Costa (ANESPO).

O segundo painel foi moderado pelo Prof. Manuel Agostinho e foi subordinado ao tema “ A formação profissional como veículo de desenvolvimento”. Foram oradores:
– Professor Alexandre Oliveira, director da Escola Técnica Profissional da Moita;
– Professor João Martins, director da Escola Profissional do Montijo.
O pequeno buffet disponibilizado no final, proporcionou uma interação entre todos os participantes.

Facebook